sábado, 2 de abril de 2016






Amor, jóia exclusiva da alma, que possui seus possessores, ditando-lhes as regras, ferindo-lhes na desobediência, consolando-os na submissão; quem não fora vítima de seus laços? Quem pode viver sem ele? É a força mais brutal da natureza, e a mais doce do ser humano. 
É vida e é morte!

Publicado: 07.01.2013 em Amor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário