sábado, 2 de abril de 2016

Rosa



Porquê me seduziste?
Nem ao menos te toque
no teu corpo não peguei,
do teu espinho não tirei.


Porque exalaste este aroma?
me prendendo com teu feito,
me envolvendo com teu jeito,
me deixando sem noção.

O que fiz foi passar do teu lado,
mesmo que mal intencionado,
com a morte não merecia ser enganado.

Me feriste quando te olhei.
Marcaste-me com armas que não te desarmei.
Mesmo que eu me vá, marcas tua levarei.
João Batista Gregório Jr
Julho/2003

Publicado: 03.04.2006 em PlatônicoRosautopia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário